Entrevista a Joana Pereira

O Tá Fitness falou com a Joana Pereira, uma rapariga que cresceu a ouvir que não deveria praticar musculação por causa de um desvio que tinha na espinha dorsal. Um dia praticou musculação, gostou e continuou a praticar. O resultado foi o oposto do que lhe disseram: o problema dela melhorou. Nesta entrevista, ela fala-nos disso e de muito mais.

Podem encontrá-la na sua página de facebook (Joana Pereira – Fitness Page).

joana pereira fitness


1) Para quem não te conhece, podes falar um pouco de ti? Quando te começaste a interessar pela musculação?

O interesse pela musculação começou há 4 anos, mas na verdade desde pequena que pratico actividade física. A natação sempre esteve presente porque aos 12 anos descobri que tinha escoliose e na cabeça de todos a natação era o melhor e a única actividade que podia fazer.

Infelizmente, fui crescendo com a ideia de que a musculação ia piorar a minha escoliose, por isso durante anos frequentei apenas aulas de grupo e piscina. Mais tarde arrisquei e comecei a ter treinos personalizados, dos quais, a minha PT ensinou-me a treinar correctamente, nunca negligenciando a postura.

A partir desse momento, ganhei o bichinho pela musculação e o meu corpo começou a mudar e a ganhar formas. Pesquisei bastante, comprei livros sobres treinos e nutrição e fui fazendo experiências para ver o que resultava comigo, tendo em conta a minha escoliose.

Em Maio de 2011 fui submetida a uma cirurgia para corrigir a coluna e fiquei 6 meses sem poder treinar. Quando voltei à musculação não sabia como o meu corpo ia reagir mas correu tudo pelo melhor.

joana pereira fitness


2) Quais são os teus planos para o futuro nesta área da musculação?

Neste momento, o meu objectivo é participar na Taça de Portugal, em Novembro e depois disso logo se vê. Apesar de ter tirado um curso na área de musculação e cardiofitness, a minha profissão em nada se relaciona com este mundo.


3) Como sabes, ainda existe algum preconceito contra a musculação feminina. Como reages àquele tipo de opiniões que dizem que a mulher que faz musculação perde as formas femininas?

Até hoje só recebi 2 comentários desse tipo, por isso não me posso queixar. Obviamente que quando vejo outras atletas a serem confrontadas com esse tipo de comentários, fico triste pela falta de respeito.

Preconceito vai haver sempre, não podemos agradar a todos. Mas ainda vivemos numa sociedade que gosta mais de criticar os outros e principalmente criar uma imagem da mulher que já não existe à muito tempo. Mas o mais importante é que, se eu me sentir bem a fazer o que faço, a “moldar” o corpo da maneira que mais me agrada, tudo o resto são pedras que tenho de saltar para chegar ao meu objectivo.

joana pereira fitness


4) Ainda no seguimento da pergunta anterior, muitas mulheres têm a ideia de que se começarem a praticar musculação vão ficar muito musculadas. Isto é verdade?

Tudo tem a ver com o corpo de cada um e com a genética. Mas a verdade não é essa. Temos de colocar de lado a ideia de que as mulheres ao praticarem musculação vão ficar masculinizadas, com braços enormes e pernas enormes… não!! Pelo contrário, é com a musculação, com o levantar de halteres, barras, cabos, etc… que o corpo vai ganhar formas e queimar mais depressa as gorduras localizadas.

Mas acredito que a mentalidade esteja a mudar, porque conheço cada vez mais mulheres a praticar musculação e a querer trocar ideias sobre treinos e dietas.

joana pereira bikini fitness


5) Descreve-nos a tua rotina de treino.

Neste momento estou em preparação para a Taça de Portugal, logo, a minha rotina vai sofrendo alterações ao longo das semanas, mas agora está dividida da seguinte forma:

A) peito/ombroo/pernas
B) Costas/tríceps
C) pernas
D) ombros/bíceps

Eu descanso apenas 1 dia por semana, logo vou repetindo o plano A/B/C/D. Costumo fazer cardio pela manhã e por vezes no final do treino.

joana pereira fitness


6) Preferes usar pesos livres ou máquinas?

Pesos livres, de preferência.


7) Fala-nos um pouco da tua alimentação. Que cuidados especiais tens?

Tenho cuidado com a minha alimentação durante o ano inteiro. Não como fritos nem bebo refrigerantes, nunca! O mais importante é ter sempre água do meu lado e comer de 2/3 em 2/3 horas, para acelerar o metabolismo.

Eu adoro cozinhar, aprendi com a minha mãe a inventar do nada, uma panela com algo maravilhoso. E com a minha “dieta” acontece o mesmo, vou inventando e recriando novos pratos, novos sabores. Aposto principalmente nos legumes da época e biológicos tal como nas especiarias.

joana pereira fitness


8) Quais são as tuas fontes preferidas de proteínas, de hidratos de carbono e de gorduras.

Eu adoro peixe, seja robalo, linguado, tilápia, solha, etc… não sou esquisita. Em termos de carne só como peru ou frango e como fonte de gordura amêndoas e cajus. Aveia, batata doce e arroz basmati são as minhas escolhas como hidratos de carbono.


9) Praticas dias-de-lixo? Que achas deste conceito?

Digamos que é mais uma refeição de lixo do que um dia inteiro. Mas sim, faço-o e acho que é mais importante para a cabeça do que propriamente para o corpo em si. A não ser que faça apenas uma recarga de hidratos ou gordura, isto é, aumentar a quantidade de hidratos/gordura.

Costumo fazer eu as minhas próprias refeições, escolhendo os ingredientes que mais me agradam e que não estraguem por completo a minha semana de treinos e dieta limpa!

10) Tomas suplementos? Quais consideras essenciais?

Para mim os mais importantes são os BCAAs e uma boa whey!

joana pereira fitness

Autor: Marcos Sabino

Marcos Sabino criou o Tá Fitness em 2012. Licenciou-se em Comunicação Social na Universidade do Minho, onde também tirou o mestrado. Trabalhou 4 anos na Prozis, em Portugal, e em 2014 mudou-se para Inglaterra onde trabalha desde então na Myprotein. Possui um canal no Youtube onde dá dicas de nutrição e suplementação e um perfil no Instagram (@marcossabinofitness).

Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *