Como fazer Strict Press e Push Press

Aprende a executar corretamente o Strict Press e o Push Press com as dicas do PT Marco Poço.


Hoje vamos ver a diferença entre o strict press, ou press direto, e o push press, um exercício mais funcional em que usamos o corpo todo para fazer esse movimento.

Strict Press

Vamos então colocar a barra nos ombros. Na posição inicial, devemos ter os cotovelos baixos para depois quando empurrarmos acima da cabeça os cotovelos estarem por baixo da barra. O nosso corpo deve estar bem estável, os abdominais contraídos e as pernas bem esticadas.

posição inicial do strict press

Push Press

A diferença principal do push press é que nós vamos utilizar o corpo todo para transmitir potência à barra. Na posição inicial, o peso deve estar nos calcanhares, vamos descer a anca e o joelho vai avançar. Os ombros, a anca e os tornozelos devem estar todos alinhados no mesmo plano, como se tivéssemos uma parede atrás de nós.

posição inicial do push press

Durante a execução, a descida vai ser curta e rápida de modo a empurrarmos a barra lá para cima. O segundo aspeto é que a barra deve estar sempre em contato com os nossos ombros para conseguirmos transmitir a potência das pernas à barra e sermos mais eficazes.

O timing também é importante. Temos de fazer a extensão das pernas e logo depois o movimento de press, e quando a barra desce, amortece no ombro e volta a subir.

Músculos trabalhados:

  • Deltóides (porção anterior e média)
  • Trapézio
  • Peitoral superior
  • Tríceps

Autor: Marcos Sabino

Marcos Sabino criou o Tá Fitness em 2012. Licenciou-se em Comunicação Social na Universidade do Minho, onde também tirou o mestrado. Trabalhou 4 anos na Prozis, em Portugal, e em 2014 mudou-se para Inglaterra onde trabalha desde então na Myprotein. Possui um canal no Youtube onde dá dicas de nutrição e suplementação e um perfil no Instagram (@marcossabinofitness).

Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *